Anabolizantes X Cérebro : existe relação?

Um atual estudo (Structural Brain Imaging of Long-Term Anabolic-Androgenic Steroid Users and Nonusing Weightlifters. Biol Psychiatry. 2016;. pii: S0006-3223(16)32529-X)  investigou a utilização crônica de esteroides anabolizantes e suas consequências na estrutura cerebral.

  • Neste estudo foram selecionados 82 usuários de esteroides anabolizantes que utilizavam de forma acumulativa estas substâncias por mais de 1 ano (os pesquisadores não mencionaram a dose e o tipo de esteroides anabólicos). O outro grupo era formado por 68 sujeitos que não nunca utilizaram nenhum tipo de esteroides anabólicos. Todos os sujeitos eram praticantes de treinamento de força.
  • Após avaliações do cérebro com ressonância magnética foi observado que os usuários de esteroides anabolizantes apresentavam significativa redução do córtex cerebral de 4.76% do córtex cerebral (camada mais externa do cérebro rico em neurônios), 4% da massa cinzenta (área responsável por interpretar os impulsos nervosos das regiões do corpo até o encéfalo, produzir impulsos e coordenar atividades musculares e reflexos), 5.4% do núcleo da base (regula os movimentos e influencia diversos tipos de aprendizagem) e 5% do corpo caloso (região que permitir a transferência de informações entre um hemisfério e outro fazendo com que eles atuem harmonicamente).

Além disso, o consumo crônico de esteroides anabólicos está associado a redução da conectividade funcional da amígdala direita com áreas cerebrais envolvidas no controle cognitivo e na memória fato que pode contribuir para efeitos psiquiátricos e disfunção cognitiva (Drug Alcohol Depend. 2015; 152: 47–56.).

Deixe um comentário

Navigate