Maira

Intenso! Assim vivi o meu parto

Intenso! Não encontro outra palavra para resumir o que vivi no meu parto. Ainda posso acrescentar que foi muito, muito intenso, bem mais do que eu me preparei para viver, nenhuma outra experiência da minha vida me levou tão ao limite, senti que numa certa altura do parto eu estava além do meu limite, desejando desistir, sem forças para continuar, esgotada, exausta depois de praticamente 2 dias sem dormir (dormi um pouco menos de 2 horas na minha última noite rsrs). Não sei explicar muito bem o que senti, provavelmente ficarei dando voltas para tentar fazer isso. O parto foi o momento mais intenso que já vivi na vida em todos os sentidos, a maior entrega, uma dor incomparável, emoção inexplicável e no meu caso uma dificuldade muito grande. Muito grande mesmo! Cheguei aos 9 cm de dilatação e o útero começou a cansar após quase 20 horas contraindo e…

Meu trabalho de parto começou assim

Meu trabalho de parto começou assim: logo depois da longa conversa com Davi sobre o nascimento dele! Foi sem dúvidas a mais impressionante das muitas que tivemos, menina parecia que eu conversava com um amigo de longa data, ria, dava um tempo pra ele responder e voltava a falar… nos divertimos sabe?! Davi nasceu num sábado, na última hora daquele dia. Longo dia, curto dia… nem sei te dizer a que velocidade ele passou, mas posso te afirmar que esta eternizado em mim. Lembro-me ainda do silêncio daquele sábado, das músicas que escutamos na casa quase vazia, éramos apenas eu, Bruno (meu marido), Juquinha (nosso gato) e Rodrigo (nosso enfermeiro obstétrico), nada de fotógrafos profissionais (e nada contra também, apenas não me imagino parindo enquanto sou fotografada), nada de amigos e parentes apenas as pessoas que eu considerava essenciais para o momento que acreditei que seria o mais íntimo e especial da…

O quanto a vida muda após a chegada do bebê

Meu bebê nasceu e minha rotina mudou, eu mudei por dentro e por fora, mudamos de cidade, mudou a forma de ver o mundo, tudo mudou! O quanto a vida muda após a chegada do bebê é bem relativo, mas tenho certeza de que para algumas pessoas (especialmente as mães) a vida muda profundamente, enquanto para outras pessoas nem tanto. Há quem acredite que não deva mudar e o bebê deve se encaixar na rotina dos pais e nos compromissos que sempre existiram, que deve se habituar aos barulhos da casa e diferenciar dia e noite fazendo os cochilos do dia com o ambiente iluminado. Há quem acredite que o bebê deve ser ensinado a dormir e que as noites de sono dos pais devem voltar ao normal tão rápido quanto esse treinamento deve ser aplicado. Há quem diga que colo acostuma mal e não tem problema deixar o bebê…

Quanto eu engordei em 30 semanas de gestação?

“Quanto eu engordei em 30 semanas de gestação?” Perguntam demais sobre isso e por isso resolvi fugir da ordem cronológica dos posts sobre minha gestação para falar logo sobre esse tema no segundo post e para situar quem não se sente familiarizada com a contagem em semanas é bom complementar que 30 semanas de gestação são aproximadamente 7 meses. O parto acontece em média com 40 semanas (pode ser um pouco antes entre 38-39 ou depois com até 42, geralmente os médicos não esperam o desenrolar da 42º semana). Há 3 dias eu me pesei na consulta pré-natal e o aumento do peso corporal foi de 5,2 quilos. Aumento de peso geralmente significa aumento de gordura corporal e/ou aumento de massa muscular e no caso de nós gestantes além das possíveis alterações na composição corporal precisamos levar em consideração algumas outras coisas como: peso do bebê, da placenta, do liquido amniótico, o aumento temporário e…

Quando decidi que queria engravidar

Quando decidi que queria engravidar, na verdade decidimos porque essa conversa ia e vinha quando estava com meu marido, tratei logo de conversar com quem cuidava da minha saúde. Mas vou voltar um pouquinho no tempo, quando decidi no primeiro semestre de 2014 que não usaria mais pílula anticoncepcional; os malefícios são muitos e minha principal indicação era ter um método contraceptivo (ok, minha pele do rosto ficava ótima usando a pílula rsrs, mas estética está bem abaixo de saúde na minha lista de prioridades então… paciência né?!) e como existem outros métodos com a mesma finalidade, aboli a pílula da minha vida com aquele sentimento de “meu Deus, jamais deveria ter usado isso, que arrependimento” e no final de 2014 coloquei o DIU de cobre, super apoiada pela minha médica Dra Catarina que me atendia quando morava no Rio (se for do interesse de vocês, conto sobre minha experiência…

Juquinha no hospital e meu coração apertado

Juquinha no hospital e meu coração apertado. Foram 5 dias internado e uma saudade danada, faltava aquela companhia diária em todos os cantinhos da casa, aquela bolinha de pêlos entre as minhas pernas na hora de dormir… um dia ele vai embora, eu sei, mas tenho a sensação de que preciso da presença dele muitos anos ainda e espero que seja assim. Há alguns meses quase perdemos o Juquinha. Logo ele que com quase 7 anos nunca tinha tido nada, nunca tinha passado mal, nunca tinha tido nenhum problema de pele, foi castrado com poucos meses de idade, sempre foi bem ativo e magrinho (agora nem tanto ahahaha), mantenho todas as vacinas em dia, não vai pra  rua e não tem contato com outros bichos… Tudo isso reduz a chance de doenças e problemas, mas quando o Juquinha ficou internado, eu comecei a repensar tudo que poderia deixar a vida dele ainda…

Das lições que aprendi convivendo com gatos

Conviver com bichos é sempre um grande aprendizado e da minha convivência com o Juquinha (meu gato) eu tiro a conclusão de que é a relação com bicho mais próxima das nossas relações humanas, eles dizem tudo que querem, expressam suas vontades, seus sentimentos, brigam e fazem as pazes…  Das lições que aprendi convivendo com gatos, a maior delas sem dúvidas é sobre o AMOR. O amor é livre, não aprisiona, não domina, simplesmente respeita. O amor é livre e por isso suas manifestações não são na hora e no momento que queremos recebê-las, são espontâneas e acontecem por meio de reciprocidade, na hora e no momento que a outra pessoa sente vontade de manifestá-las. A melhor forma de receber carinho e amor é oferecendo carinho e amor! A segunda lição que aprendi é que para qualquer boa convivência devemos ter RESPEITO. Respeitar o momento que o outro quer ficar…

Quando a pessoa não convive com gatos…

Quando a pessoa não convive com gatos, ou pelo menos com um único gato (como é o meu caso), geralmente carrega orgulhosa aquele discurso de que não gosta de gatos porque são traiçoeiros, interesseiros, etc e tal. Em algum momento da vida eu adotei esse discurso preconceituoso, digo preconceito pois nunca havia convivido com gatos para ter formado esse “conceito” e por incrível que pareça a maioria das pessoas que também dizem nunca conviveram com gatos, no mínimo estranho né?! E todas as pessoas que conheço que convivem ou já conviveram com gatos, são loucamente apaixonadas por eles (não precisaria nem continuar o assunto depois disso, mas gosto de compartilhar minha experiência). Seres humanos são preconceituosos, dizem sobre o que conhecem e sobre o que não conhecem, julgam tudo e todos… poderíamos ser diferentes né?! Eu acho que são nesses pequenos detalhes da vida que evoluímos nosso ser, aprendemos com novas experiências…

Saúde da mulher e o poder da nutrição!

Saúde da Mulher Além de bem alimentada a mulher deve se preocupar em estar bem nutrida. Níveis saudáveis de vitaminas, minerais e fitoquímicos, melhoram a imunidade, a inflamação, os desequilíbrios intestinais, a queda de libido, a desmineralização óssea, a depressão, e outros. A seguir falaremos um pouco mais sobre alguns pontos: Testosterona, progesterona e estrógeno A partir dos 40 anos há uma diminuição nos moduladores da testosterona e um aumento da quantidade de estrógeno, eles competem pelos mesmos receptores celulares, desde os centros sexuais no cérebro até nas áreas genitais. Podendo assim, ocorrer uma queda de libido. Importante é que haja um equilíbrio e para que isso ocorra deve-se evitar a aromatização, ou seja, processo que transforma a testosterona e a progesterona em estrógeno, aumentando significativamente a quantidade de estrógeno no organismo, podendo estar associado ao câncer de mama, ovário e útero. Para que isso não ocorra é importante manter…

Anticoncepcional hormonal: conheça os prós e os contras

Se você usa anticoncepcional hormonal, provavelmente esta feliz com a conveniência de saber quando menstruar (ou ter o controle de não menstruar), pele livre de acnes e a segurança para anticoncepção que a pílula traz quando usada corretamente. Existem inúmeros benefícios para o uso da pílula e indicações clinicas para tal. Dentre os benefícios, podemos citar diminuição do volume do fluxo menstrual, controle da síndrome de ovário policísticos, controle de crescimento de miomas, menor risco para câncer de ovários e endométrio e síndrome de tensão pré menstrual mais branda. No entanto, existem também alguns efeitos colaterais sérios, que devem ser levados em consideração quando se inicia (ou mantém) o uso do método.  Alguns destes efeitos você já deve ter notado, mas não associou ao uso do medicamento. Vejamos: Aumento do risco de eventos trombóticos, principalmente em fumantes, sobretudo em fumantes com mais de 35 anos. Redução dos níveis fisiológicos de…

Navigate