exercício

10 Posts Back Home

Exercícios com caneleiras e uma análise crítica

Segue uma breve análise crítica de um artigo citado em redes sociais na tentativa de condenar o exercício de 4 apoios com caneleiras (e outros) na efetivação dos glúteos. O estudo em questão é do Boren e cols (2011) publicado no periódico The International Journal of Sports Physical Therapy (sem FI e nem classificação no qualis capes). Na introdução, o artigo traz informações referentes à análise de músculos responsáveis pela estabilização pélvica (alguns profundos) focando (principalmente) em exercícios TERAPÊUTICOS e na ativação muscular por eletromiografia de superfície (SEMG). Nos estudos citados, os autores do paper apresentam dados para ordenação dos exercícios pelo nível de atividade mioelétrica dos glúteos máximo e médio (tabelas 1-3). Neste sentido, o objetivo do estudo foi comparar a amplitude do sinal EMG dos músculos citados em diversos exercícios clínicos comuns (18 exercícios) com os resultados dos outros estudos. “Cuidado ao acreditar em tudo que se…

Calor, Hidratação e Exercício Físico

Muitas dúvidas surgem quando o assunto é: Calor, Hidratação e Exercício Físico e por isso abordaremos esse tema tão interessante e importante não só para a saúde e integridade física do praticante, mas também para a performance. As dúvidas mais frequentes foram reunidas e esclarecidas no texto abaixo: De modo geral, temperaturas elevadas interferem na prática de atividades físicas? Por quê? Sim, pois nosso corpo possui termorreceptores sensíveis à variação de temperatura, consequentemente, eles procuram manter nossa temperatura corporal entre 36ºC a 37ºC.  Temperaturas elevadas transferem calor do meio externo para o nosso corpo, desta forma, os termorreceptores enviam uma mensagem para os centros termorreguladores localizados no hipotálamo, para manterem a regulação da temperatura corporal (Br J Anaesth 2000; 84: 615-628). Este mecanismo de equilíbrio promove sudorese intensa na pele associada a grande quantidade de fluxo sanguíneo (condutor do calor) na região cutânea (a pele fica avermelhada). Assim, a sudorese intensa promove…

Será que devemos alongar entre as séries?

Pode ou não pode alongar entre as séries?? (INTERSET STRETCHING). Com o surgimento de métodos e técnicas como o FST-7 que envolvem a realização de alongamentos nos intervalos entre as séries surgiram dúvidas a cerca da eficiência desta prática. Especula-se que tal prática resulte em ganhos musculares menos pronunciados devido ao efeito concorrente. De fato, o desempenho nos exercícios supino e agachamento parece sofrer reduções quando alongamentos específicos (30″) são realizados para os músculos alvo durante o intervalo entre as séries (3 séries até a falha com carga para 8RM) (Souza et al., 2009). Apesar disso, o alongamento entre as séries parece resultar em adaptações similares ao treinamento tradicional na força, flexibilidade e nas respostas hormonais após 8 semanas de treinamento (Souza et al., 2013). Desta forma, a não ser que precise mobilizar o máximo de carga possível para um fim específico, não tem problema realizar alongamentos no intervalo entre as séries.…

Elevação de quadril: exercício para fazer em casa

Estamos na semana de “exercícios para fazer em casa” e a escolha dessa vez foi a elevação de quadril, um exercício simples e eficiente para fortalecimento de paravertebrais, lombar, glúteo, posteriores de coxas e panturrilhas. Além desse fortalecimento, podemos aproveita-lo para trabalhar estabilidade de quadril e a mobilidade da coluna. Todos os exercícios que podem ser feitos em casa devem ser bem compreendidos, pois a consciência corporal torna a nossa prática eficiente e muito mais segura, pois o movimento feito da maneira correta e consciente se torna um grande aliado no cuidado com a saúde do nosso corpo. Em contrapartida o movimento feito de forma inadequada pode ser ineficiente ou até prejudicial, por isso atenção e concentração na hora de se exercitar são “itens” obrigatórios. Além de fortalecer, devemos cuidar também do nosso corpo com alongamentos e pensando nisso teremos sempre vídeos que nos auxiliam como trabalhar a flexibilidade em…

Vale a pena fazer exercícios para glúteos?

Para abrir a série de vídeos de “Exercícios na Musculação” nada melhor do que conversar sobre exercícios para glúteos, já que as opiniões se dividem muito. Muitos defendem que é perda de tempo fazer esse tipo de exercício e certa vez li num perfil de instagram que além de serem totalmente inúteis são prejudiciais aos glúteos (e particularmente me espantei com essa afirmação). Mas também existem muitos profissionais que defendem que os exercícios isolados para glúteo podem ser uma das opções de um programa de treinamento. Não tenho a menor dúvida de que além de conhecimento é necessário “bom senso” quando falamos de exercícios, pois não existe uma receita pronta e vamos combinar que nem sempre o que é bom para fulano é também para ciclano. Quando o assunto é exercícios para glúteos, muito se fala sobre o agachamento e é praticamente uma unanimidade afirmar que é um ótimo exercício…

Quantos dias na semana você pratica exercício?

Você já parou para pensar em quantos dias você pratica exercício e quantos dias você passa sem praticar nenhum exercício? A frequência semanal sem dúvidas é o ponto mais importante, na verdade ele é determinante para o sucesso na prática de exercícios físicos, na minha opinião. Pois não adianta ter um bom treino, ter um bom personal trainer, se matricular numa academia completa, ter acompanhamento médico e nutricional, ter as roupas mais modernas do mundo… se não tiver regularidade no treino. A sua evolução depende da sua regularidade. O primeiro objetivo de todo praticante de atividade física deveria ser “cumprir semanalmente todos os dias de treino”, sem faltas! A programação semanal é individualizada e deve estar de acordo com a disponibilidade e objetivo de cada praticante. Mas vamos seguir juntos por um raciocínio: Numa semana de 7 dias, treinar no mínimo 4 vezes na semana resulta em mais dias de…

Aprenda a fazer o exercício Perdigueiro

O canal do YouTube está a todo vapor, cada semana um vídeo novo e um assunto diferente e nesta semana teremos “Exercícios para fazer em casa” e o escolhido foi o famoso Perdigueiro. Minha prioridade será ensinar alguns detalhes que considero muito importantes para que você possa “entender” o exercício e daí “aprender” como ele deve ser feito, pois esta é a melhor forma de tornar nosso corpo saudável e livre de dores e desconfortos, o caminho será sempre alongar e fortalecer! Eu não acredito nos vídeos de exercícios que prometem “bumbum durinho ou abdômen tanquinho em poucos minutos” e tantos outros que existem por aí… Então não posso vender algo que eu mesma não acredito, mas sem sombras de dúvidas eu compartilho com vocês a maneira que eu realizo cada exercício, que é a forma que eu mais acredito para cuidar do corpo e da saúde. Começamos com o…

Alongamento de isquiotibiais para fazer em casa

Muitos de vocês já devem ter ouvido a seguinte frase: Alongamento é vida!! E realmente é verdade, pois além de proporcionar um grande bem-estar ao final da prática, pode ser um aliado poderoso para reduzir o estresse do dia-a-dia, acalma a mente, relaxa o corpo e alivia dores e tensões. A prática regular de exercícios de alongamento é uma das formas de trabalhar mobilidade articular, tão necessário para praticantes de musculação, crossfit e outros esportes. Muitas pessoas não se alongam, pois acham chato, ou possuem tanta dificuldade que sentem-se desconfortáveis, ou simplesmente acham que é desnecessário, outros até sentem vontade de se alongar, mas não sabem por onde começar e foi pensando nessas situações que eu preparei um vídeo simples com uma breve introdução que considero fundamental na hora de treinar a flexibilidade e que poderá servir de base para melhorar a prática de quem já faz e ajudar quem está…

Estamos de volta no YouTube!

Oba! Estamos de volta no YouTube com muitas novidades :) Nosso encontro no YouTube será semanal, mas aqui no blog é quase diário, então não importa se o assunto acontecerá por aqui ou por lá, vou sempre dar aquela passadinha por aqui para avisar. Estamos dando nossos primeiros passos e eles podem ser meio desengonçados no início, mas tenho certeza que vão melhorar com o tempo. E como eu disse, voltamos com novidades! E é por isso que eu vou fazer um resumo do que você vai acompanhar: teremos sempre 4 assuntos girando e é claro que eventualmente algo diferente vai acontecer, como por exemplo um bate papo com alguém super interessante, afinal eu conheço tanta gente legal que pode contribuir muito com nossos treinos, nossa alimentação, nossa motivação e nossa vida. Cada semana um vídeo novo e o melhor: um assunto novo! Teremos: alongamento exercício para fazer em casa…

Exercício físico e Hipóxia

O termo hipóxia é definido como baixo fornecimento de oxigênio (O2) nos tecidos orgânicos relacionado a uma obstrução física do fluxo sanguíneo em qualquer nível da circulação corpórea. São caracterizados 4 tipos de estado de hipóxia: a) hipóxia hipêmica – relacionada ao estado anêmico do indíviduo; b) hipóxia histotóxica – relacionada a intoxicação por monóxido de carbono; c) hipóxia estagnante – relacionada a baixa concentração de vasos sanguíneos, consequentemente, menor oferta de oxigênio; d) hipóxia hipóxica – relacionada a altitude. Sendo este último tipo de hipóxia relacionado a melhora do desempenho físico. A fração inspirada de O2 (FiO2) é um parâmetro de ventilação mecânica frequentemente utilizada para avaliar a oferta de oxigênio. Valores normais são de aproximadamente FiO2 >21%, por outro lado valores menores são considerados estado de hipóxia, ou seja, baixa oferta de O2. O método de treinamento físico utilizando baixos níveis de O2 é chamado de HYPOXIA TRAINING.…

Navigate